Russia Central

Durante o passado mês de Dezembro fui até Perm, uma cidade grande situada nas margens do rio Kama e bem no interior da Rússia. Lá, pude conhecer costumes, florestas imensas, o típico frio e fazer algumas visitas de âmbito apícola.

As temperaturas oscilavam muito rápidamente entre os -1 e os -34ºC numa questão de 24h ou menos. O Inverno estava a ser quente, e as temperaturas habituais a rondarem os -10ºC.

Visitei algumas lojas de productos apícolas, em que o mel e todos os productos da colméia são vendidos e embalados pelo productor. Todos os produtos da colméia são considerados bens de luxo e muito caros para o nível de vida Russo. O Kg de mel ronda os 7Eur para salários médios de 300Eur.

O propólis é um produto estrela, pois em infusão alcoólica é um dos medicamentos mais usados.

Pude comparar o meu com o deles, e devo dizer que o do agreste é mais suave.

Imagem

 

Imagem

 

Imagem

 

Imagem

Depois, e com os termómetros a marcarem -21ºC, a ida às abelhas tinha de acontecer!

E lá fomos, ajudar a desbloquear de neve a entrada e cobrindo todas as laterais, pois a neve é um bom isolante das oscilações térmicas.

Imagem

 

O tubo serve para se perceber se as abelhas estão vivas, pois ao inserir e escutando através dele escuta-se o vibrar das asas das abelhas.

Imagem

 

Estas abelhas hibernam de meio de Outubro até meio de Abril, altura em que ocorrem os primeiros voos de limpeza.

Pelo que percebi a productividade varia entre 15 a 30 Kg de mel/ano por colméia, sendo que precisam de um mínimo de 30Kg para o seu inverno.

Fiquei surpreendido com a pequena dimensão com que os enxames são invernados e com a resistência destas abelhas ao frio, bem como a longevidade que demonstram.

O Alimento complementar que recebem deste apicultor é 1 quadro de mel extra em Abril, para potenciar a postura e garantir que saem enxames em junho.

Percebi ainda que tal como nós eles possuem problemas com a varroa. Que ali não há PAN e que sem PAN há apicultura!!! Que ali não sabem o que são acaricidas homologados, e sobrevivem sem essa imposição!

Infelizmente não possuem técnicos apícolas, as colméias não são standard e percabo por isso que nós estamos melhor no que concerne a conhecimento e ao acesso a ele.

Imagem

 

Imagem

 

Estas colméias que se assemelham à casota do boby são anti-roubo pois ninguém as leva às costas seguramente!

Imagem

 

Usam quadros grandes, que levam seguramente uns 3Kg de mel

Imagem

 

Na Rússia mais afastada de Moscow e St. Pitersburg tudo faz lembrar um filme do James Bond, e a forma de se conduzir é muito suis géneris. Pude descobrir que sobre gelo é possível atingir 140Km/h sem nos espetarmos.

Foi o artigo possível ao estilo  “007 Abelhas são Eternas”

Agradeço à Svetik ter conseguido organizar a visita e a viagem sobre tanta neve.

Saudações…

Anúncios

Sobre abelhasdoagreste

Jovem, apicultor apaixonado e que comercializa inovação apícola.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Russia Central

  1. Pedro Mendonça diz:

    140km/h sobre gelo sem espalhanço?? É obra!

    Os apicultores, nessas colmeias tão volumosas, não se precavêm contra o frio diminuindo, lá dentro, o espaço para as abelhas? Ou o mel armazenado lá dentro é tanto que serve de bom isolante?

    Abraço
    Pedro Mendonça

  2. O interior é isolado com 3 camadas. Uma de palha, outra com uma almofada e outre com o ar entre o teto e a almofada. As abelhas invernam em apenas 7 ou 8 quadros e entre elas e a parede lateral é colocada uma placa de pliuretano ou algo equivalente. A entrada é reduzida a 1cm apenas e é muito importante estar desimpedida, para não elevar o nível de CO2 que iria fazer narcose às abelhas, deixando estas de produzir calor e morrendo.
    Só não vi blusões Gore-tex p’ra raínha!!lol

  3. Luís Jorge diz:

    boas Afonso

    já cheguei… e parece que as coisas tão piores do que quando eu sai de Portugal.
    chuva e mais chuva, colmeias com abelhas a pediram alças (ou desdobramento), lixo que meteram no caminho para um apiario e para acabar um combro desmorono para o caminho de outro apiario mesmo assim acho que devia estar contente visto que só tenho 2 enxames fracos.

    assim andam as minhas abelhas e eu com uma neura e com uma vontade de mexer com as abelhas!lol

    Oh Afonso quando eu foi a formação disseram que iriam entregar tudo por escrito o que foi dado por ti na formação. arranjas me isso?

    Quando fores dar outra formação lá a cooperativa se puder ser vou outra vez contigo.

    abraço
    Luís Jorge

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s