Ando Curioso!

Dizem que a curiosidade mata! talvez tenham razão, mas é difícil deixar a curiosidade passar-nos ao lado.

Como apicultor que entra no mundo da profissionalização, vou aprendendo à custa de erros a ser mais eficiente, a fazer melhor e a compreender melhor as abelhas.

Faltam-me no entanto ainda muitos, muitos passos para chegar onde pretendo, e entre batalhas ganhas e batalhas perdidas vou tentando levar “a guerra” de me tornar profissional a bom porto.

Uma pedra basilar que é a conversão para uma raça de abelha mais produtiva está bem encaminhada.

A batalha de ter enxames com uma imensa camara de cria vai lentamente sendo conduzida com excelentes resultados à medida que a cera puxada aumenta e se tem rainhas mais capazes de o fazer.

A curiosidade surge agora no capítulo da transumância, capítulo esse que desperta medos mas ao mesmo tempo aguça o apetite. Será que compensa?

Sem dúvida que é tentador, que todo aquele trevo e soagem são apelativos(8 a 10 semanas de intensa floração), mais a tágueda em setembro (este ano foi zero de pólen captado). Mas os custos associados são enormes também.

Por outro lado pergunto-me? Será possível ser apicultor profissional quase unicamente fixista?

Duas frentes de batalha estão abertas nesse sentido. E a minha curiosidade transumante vai ter de esperar mais um ano, mesmo tendo o local práticamente conseguido.

A outra batalha está já a ser travada, e consiste em saber se é possível e sobretudo financeiramente viável levar a montanha a Maomé?! Ou seja, se é possível semear para as abelhas uma extensão grande. A colza está nascida, e preciso que produza pelo menos 20Kg de semente para o teste de grande dimensão do próximo ano. O trigo mourisco entrará em flor dentro de 8 a 10 dias(está lindo e é muito fácil de semear), e ficarei a saber se é pelo menos uma forte fonte de pólen viàvel entre a hera e o eucalipto e na próxima primavera saberei se produz néctar que compense.

Na primavera a phacélia será testada também, esta já com uma dimensão maior, em que se poderão retirar conclusões sobre a carga de abelhas que aguenta e o que produz realmente de néctar nesta zona. Se o ano for normal ficará feito o tira teimas.

Só falta arranjar 1kg de borragem…é que as sementes são caras como fogo! E parece que vou ter de dedicar 2 dias a colher na próxima primavera. Mas se a soagem servir..então está resolvido o problema visto ter um cuvo cheio.

As sementes são caras e há que reunir uma quantidade para o teste final, há que produzi-las e colhe-las.  O trigo sarraceno parece ser inclusive viável ser colhido em Novembro! Algo que não me parecia plausível antes. O seu único senão prende-se com a informação existente via New York e de 1956, em que é descrito que abaixo de 21ºC o fluxo de néctar cai bastante, o que inviabiliza após 15 de Outubro a esperança de producção de néctar.

Mas seria bonito conseguir a cadeia de floração…seria sim! E poder estar em casa a ver as minhas 100 colméias transumantes a tornarem-se fixas, ter 70 dias consecutivos de forte floração, e em vez do carrega/descarrega…viagem, viagem…trocar o reboque e a grua por um par de alfaias para o trator. O gasóleo e as horas de viagem de noite, pela arte de agricultar uma quinta, e fazer o meu próprio éden todas as primaveras.

Será possível? Será fazível?

Ser paciente é uma arte!

Sobre abelhasdoagreste

Jovem, apicultor apaixonado e que comercializa inovação apícola.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

5 respostas a Ando Curioso!

  1. apibeiras diz:

    Passo por aqui somente para deixar o comentário: “Deliciei-me a ler este seu artigo.”. Fico curioso sobre o resultado que pode advir deste seu proposto e ficarei atento sobre qualquer informação adicional da sua parte. Boa sorte e que tenha sucesso no empreendimento em ascensão… Um abraço.

    • Obrigado pelo incentivo!
      Está para breve a publicação das primeiras fotos de trigo sarraceno em flor! Deve faltar pouco mais de uma semana.
      Estamos a tentar uma apicultura diferente.

  2. jteotonio diz:

    Olá

    Antes de mais queria felicitar o trabalho e dedicação que dá a este blog que sigo com muito interesse

    A que conclusões chegou ?
    A montanha sempre veio até Maomé?

    Um abraço

  3. Ainda não cheguei a conclusões sérias, pois algumas transumâncias foram falhadas…outras acertadas. Continuo a ser maioritáriamente fixista.

  4. Samuel Teixeira diz:

    Bom dia seria possível esclarecer me com qual das plantas de que fala é que obteve sucesso?
    e quais as épocas de floração das mesmas plantas de que fala ?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s