2016…vem aí! Expectativas

A campanha de 2016 está em count-down!

As expectativas são imensas, e sobretudo espera-se que seja o atingir da maioridade por parte da minha exploração.

Finalmente, se a Invernada correr bem, deixarei de estar obrigado a loucuras no aumento de efetivo.

Finalmente tenho apiário de fecundação em chão meu, e 100% rodeado por colónias de linhagem tipo C (umas 60) a abastecerem a zona de zangão de qualidade. Algo que foi notório, muito notório este ano, e que espero vincar bem mais em 2016.

Eis enfim o tempo de iniciar a producção de mel com alguma escala (8 bidons é o targuet), e de elevar a quantidade de pólen a quantidade suficiente para que pague 4 a 5 meses de atividade.

Assim, é tempo de tentar a minha 1a transumância na procura de um modelo bem mais produtivo para a minha exploração. Será tempo de instalar os 2 últimos apiários (espero que para Abril), e começar a ter caixas em número dedicadas a fecundarem e manterem raínhas durante todo o ano, afim de começar tão em breve como possível a usar apenas Raínhas fecundadas na constituição de novos núcleos.

Quero muito ter 200 caixas neste sistema…mas se na época que entrará puder chegar às 100, dou-me por satizfeito.

A Matriarca a usar será (caso não haja problema algum com ela) uma linda Raínha Alemã de Estação de fecundação. Havendo 2 outras candidatas ao trono, 1a delas nascida e criada aqui no Agreste, e cuja fecundação em regime aberto originou uma colónia de características excepcionais em mansidão e arranque, bem como em quantidade de reservas colocadas rápidamente nos quadros sem nunca tentar enxamear, apesar da sobrelotação.

A conversão dos apiários do centro é uma realidade, os periféricos estão com uma taxa bastante elevada, e optarei por aí continuar vigor híbrido através da introdução de material puro nas colmeias que por qualquer motivo precisem de nova raínha ou novos núcleos.

O valor da alimentação vai subir também, e começa a pesar nas contas…serão 1600kg pro ano que entra, algo que é significativo.

O segundo objetivo da campanha será o de invernar todos os apiários no regime de duplicador, em que se encontram neste momento já umas 30 colónias, e avaliar os ganhos de produtividade inerentes, bem como o custo extra em maneio.

Apenas tenho certeza de uma coisa…Maio não poderá ser como o deste ano!!! Ou alguns objetivos ficarão em perigo…

Anúncios

Sobre abelhasdoagreste

Jovem, apicultor apaixonado e que comercializa inovação apícola.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

10 respostas a 2016…vem aí! Expectativas

  1. eusebio. diz:

    boa noite Afonso estas a fazer um bom trabalho e muito convicto tens sabedoria para que as contas dar certo mas tens que ter em conta que tens muitos efetivos e as vezes não corre como se espera com tudo meus parabéns continua para vem da apicultura e que no arranque da campanha apícula os teus objetivos sejam alcançados boa sorte . Afonso vou fazer o tratamento de outono com o fórmico como é a primeira vês que vau utilizar este produto poderias me dar uma dica como a forma de aplicação e a contida de por colmeia obrigado e até breve

    • Olá Eusébio!

      Se for com mitegone use apenas 1 das tiras por ninho. Se for com fórmico por flash, atenção que a concentração do àcido deve ser de 65% e nãoo mais, e 30ml/ colmeia em 2 ou 3 aplicações espaçadas 6 a 7 dias. Caso use o método do saquinho eu não sou expert, mas 50ml penso ser adequado.

      Saudações!!

  2. Eduardo diz:

    Bom dia! Preciso de ajuda! As minhas meias alças com cera puxada foram atacadas pela traça! Resolvi por todos os quadros numa arca frigorifica! Sera que as baixas temperaturas ñ estragam a cera?

  3. Eduardo Gomes diz:

    Afonso refere a invernagem das tuas colmeias num regime de duplicador. Podes dar mais alguns pormenores acerca deste regime?

    • Olá Eduardo,
      Básicamente tenho 2as raínhas a viver na mesma unidade/colmeia, tenho já umas 30 assim e os formandos do meu curso aqui no agreste já viram uma delas, no caso a 1a que tive e que uso para testes apenas. Não me vou adiantar muito ainda sobre o tema, pois pretendo divulgar e espalhar o conhecimento a todos os apicultores se funcionar em termos de aumento de produtividade. Antes de retirar as minhas conclusões, não posso adiantar grande coisa, pois se com o limão já foi o que foi em termos de disparates que tenho visto aplicados…prefiro esperar, testar, comprovar resultados e depois divulgar em formações a quem queira aprender a produzir desta forma, que não é aplicável a transumância e que precisa de um grande stock de raínhas fecundadas e um maneio muito intensivo. Mas que espero poder triplicar a produtividade da colmeia.
      Peço desculpa por não abrir já todo o jogo…mas evito assim, que se algo não resultar como espero, poder ser apelidado de Tonto!

  4. Eduardo diz:

    Agora ñ as vou poder tirar da arca até a primavera!

    • Assim que a temperatura baixar…em Novembro, a traça desaparece e os ovos não nascem. De Dezembro a Fevereiro não há crise, desde que não estejam numa casa quente…

      • João Pedro Barros diz:

        Então e se ele puser os quadros atacados pela traça ao dispor das vespas?
        Será que estou errado?
        Abraços,
        João Pedro Barros

  5. Eduardo diz:

    João ñ sei se isso resulta! Mas ñ vou arricar! Pk os quadros com cera puchada são valiosos para mim!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s