Mini-núcleos

Hoje terminei o trabalho desta campanha nos apiários de fecundação.

Tenho agora preparados para invernar cerca de 100 mini-núcleos, com a sua pequena entourage. Isto acontecerá pela primeira vez na minha exploração.

Dos todos os núcleos feitos neste outono apenas 5 faleceram, e o apiário do Carrascal era o único que apresentava sintomas de varroose nalgumas colmeias, e para 3 delas era tarde demais, tal como uma pilhada noutro apiário. Tal facto deve-se seguramente ao apicultor que dista 700m das minhas abelhas e que sei que tem lá algumas caixas escondidas, mas que não consigo identificar exatamente o local afim de o contactar para tentar sincronização de tratamentos que me parece ele não fazer.

Tenho pois tudo pronto para assim que queira ir montar as 60 primeiras caixas ao Alentejo e ainda fico com núcleos suficientes para repôr todas as baixas de inverno se estas não forem exageradas.

Assim, mal passem estas àguas, continuarei os tratamentos nos outros apiários e a alimentar aqui e acolá alguns núcleos que disso necessitem.

O Estio de Outono chegou, e até que abra o eucalipto haverá fome de sobra para todas as colmeias, sobretudo assim que as últimas heras findarem dentro de uma semanita, e as nespreiras que teimam em estar atrasadas não proporcionarem algum pólen. Valerão alguns xuxús nas aldeias e pouco mais dentro de poucos dias.

Em Lisboa já há bastante Eucalipto aberto, mas aqui ainda nada…ainda falta umas semanas, semanas estas que demoram bastante a passar.

Este ano não consigo transumar as 40 que queria ao medronho, a mão estando melhor não está boa, e não vou arriscar!

Também no armazém estou a terminar trabalhos, que já deviam até estar findos, mas que pelo crescimento de tudo demoram agora mais tempo.

Com o frio irei construir o secador de pólen novo, grande e capaz de acomodar a minha producção que cresceu e vai ainda crescer bastante mais, e preciso de secar pelo menos 40Kg de pólen fresco por dia. Será que pró ano farei a meia ton de pólen de Outono? Espero que sim…seria mais um sonho concretizado, e que com outro tanto na Primavera cumpriria todos os objetivos a que me propús, excedendo até.

Quanto a mel, veremos no que dá!!, mas há objetivos a cumprir. E seja eu competente com as varroas e ter as colmeias tipo bomba na entrada de Abril, e o resto é com S. Pedro. Cada vez gosto menos de produzir mel, pelo chato que é a cresta ao calor e a venda ser algo que não gosto de fazer. Prefiro cada vez mais os produtos alternativos da colmeia…mas não há como fugir do mel. É incontornável, e a boa rentabilidade passar também por aqui, quer se queira quer não. Neste ponto há mais testes a continuar, e se correrem bem, estes já em versão alargada em 2 apiários, publicarei.

P.S. – Malta do Curso que terminou a 25 de Set, nenhum dos nossos núcleos morreram. Todos os 21 estão a crescer, todas as raínhas aceites. Vamos dar-lhes 1 mês para transformarem o xarope e a pasta que lhes dei nestes dias em abelhas, e mostro-vos na entrada do inverno o aspeto, assim que abra o eucalipto e fiquem loucas com pólen fácil.

 

Anúncios

Sobre abelhasdoagreste

Jovem, apicultor apaixonado e que comercializa inovação apícola.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s