A grande mudança!

Este ano muitas coisas novas ocorreram aqui no Agreste.

Numa zona pobre do ponto de vista de néctares mas rica em pólen de qualidade, eis que me apercebi de que não consigo correr a todo o lado. São caixas a mais.

Mas onde perco o meu tempo?

Tendo reconhecido este ponto, decidi que eliminar viagens é o ponto mais prático. Portanto em 2019 o estio de Verão verá todas as minhas colónias do Sul transumadas. E reunidas em 2 ou 3 apiários com cerca de 200 núcleos, debaixo de arvoredo denso em zona fresca e pertinho de um ponto de àgua de nascente e excelentes acessos…se possível vedado e fechado a cadeado. São estes os requerimentos que tenho para o estio de verão ser passado com caixas o mais cheias possível e aumentar substancialmente de novo a quantidade de pólen e enxames de outono. Duplicando se possível a quantidade de ambos. A sombra densa dentro de uma floresta de sobro, com 7 a 8ºC menos do que o redor é essencial…tal como os 1500kg de comida que os 3 apiários exigirão cada verão para se manterem em forma.

Ganham os proprietários que terão a mata impecávelmente limpa…para trazer a zero o risco de fogo. Não pode sequer ser limpa com corta-mato apenas. Posteriormente é preciso raspar um pouco o solo com uma lâmina e podar os Sobreiros para dar pontos de referência às abelhas.

Seria lindo que a producção me obrigasse a comprar nova maquinaria novamente. Espera-se mais 150 enxames de outono e mais 2 a 3 tambores de pólen…o mesmo trabalho mas mais 300 caixas a operar entre colmeias e núcleos.

O outro aspeto já identificado é o de quanto tempo tenho de ganhar para poder ter 1000 caixas a trabalhar. E isso está relacionado com uma revolução que tenho de fazer no armazém e que requer pelo menos 14 000 – 17 000 Eur mais de investimento. Tentando-me por um lado a submeter um projeto de pequeno porte…mas por outro tendo vontade de fazer tudo sozinho sem ter de me escravizar às regras e aos papéis. É essencial a mecanização total do armazém em modo de palete, com tudo paletizado e uma casa estanque para as alças onde entre o empilhador.

Todas estas alterações no entanto não podem ser antecipadas…têm de ser empurradas pelo limite da necessidade, pois tal como a caldeira, são caras. Sei que meses abaixo ou meses acima terão de ocorrer…tal como o posterior salto para as 1500 caixas e posto de trabalho permanente no armazém com parte de campo em Março e Outubro.

Tenho de chegar ao armazém e apenas tirar 2 paletes de cima da carrinha e colocar outras 2as…nesse momento não poderei perder mais de 20 min no armazém 2x por dia.

Muito mudou desde os 2 primeiros enxames…muito irá mudar com a perspetiva de evolução e com o ter de ir aprender apicultura novamente após a velutina.

 

Sobre abelhasdoagreste

Jovem, apicultor apaixonado e que comercializa inovação apícola.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a A grande mudança!

  1. Paulo Parente diz:

    É muiiitaaa caiiiìxaaa… quantos anos já lá vão desde os dois primeiros enxames?

    • São se bem me lembro 13 anos… e estou cada vez mais próximo de poder dar trabalho efetivo e bem pago a alguém. Só falta 1a boa campanha de primavera e outono e será mais um sonho cumprido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s