Ainda hoje…

Ainda hoje me ligaram aqui de perto. A conversa do costume! Ai ai as colmeias estão a morrer…o que faço às vespas que as estão a comer??

Sr Apicultor, nesta altura sobretudo…traças, vespas ou colmeias vazias são sobretudo indicadores de que fez mal as coisas. Sobretudo nesta zona e com o bom outono que tivémos.

Esses sintomas são o sinal de que as varroas lhe mataram as caixas!

Minha pergunta de volta;

Quando e com quê tratou? Alimentou?

R: Sim, alimentei

E tratou?

R:Não tive tempo…

Poix, teve tempo de as ir crestar e de as alimentar mas não de as tratar. Interessante!!

Fica mais um link para ajudar…

Como cuidar as suas abelhas!

 

Sobre abelhasdoagreste

Jovem, apicultor apaixonado e que comercializa inovação apícola.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Ainda hoje…

  1. Afonso, já viu o trabalho do Tomé, no blog do Valedorosmaninho, sobre a raspagem dos quadros de criação operculada, no combate ao varroa? Veja e dê-nos a sua opinião. Quanto a mim traz uma novidade que pode ser muito importante, especialmente na possibilidade de só termos de fazer um tratamento anual, com esse método. Ou mesmo irradicar em certas zonas o varroa, não contando com as reinfestações dos apiários vizinhos.

    • Gustavo, sim, conheço.
      Aqui no litoral mesmo dessa forma obriga a 2 tratamentos anuais. E tudo o que seja tirar químicos da colmeia é positivo. O problema principal na maior parte das zonas é a re-infestação, que pode chegar a 100+ varroas por dia, de apiários nos 2/3 km circundantes que não sejam tratados.

      • Com a raspagem resolve-se o problema da paragem da postura ou da prisão da mestra, reduz-se o tempo em que o tratamento precisa ser eficiente, o número de mexidelas na colónia e pode mesmo, no caso do apivar,, atingir os 100% de mortandade do varroa em 10 ou 12 dias. Isso para mim é um grande avanço e novidade, que merece ser divulgada a todos os apicultores. Porque vai ser daqueles, que não fazem os tratamentos com rigor,que virão os varroas que reinfestarão de novo as nossas colónias, sem apelo nem agravo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s