Bons e maus exemplos..

Por cá, as abelhas pedem quietude. Pedem que aguarde pelo momento certo de lhes começar a provocar reboliço.

Há que ser paciente por mais 3 longas semanas.

Enquanto isso, eis bons e maus exemplos sobre aproveitamento e cuidado com a Natureza.

Primeiro o bom exemplo,

Pois é assim quese constrói uma vida, tendo o suficiente e a felicidade de promover vida no seu espaço. Com floresta e agricultura a serem complementares.

Agora o mau exemplo,

Sim, é aqui mesmo no Agreste que se passa. E desta vez as vítimas são as Rolas Turcas.

Felizmente e sendo uma espécie não autóctone, desde que cá apareceram cerca de 15 anos atrás, que se multiplicam em grandes números. Não são mais, apenas porque esta doença as ceifa anualmente às dezenas e dezenas. Agonizam por alguns dias…e têm uma morte lenta e penosa. Não servem nada nem ninguém…e devido ao seu grande número, quantas mais são, masi contágio há e mais morrem.

 

Pergunto:

Porque não podemos caçá-las em Agosto/Setembro/Outubro quando estão saudáveis, para anualmente ter de ver depois a sua morte em escala épica devido à doença?

Porque não, por este país afora ser permitido que se faça delas uns milhares de pratos de canja?, permitindo depois que as restante não tenham tanto factor de contágio e vivam saudáveis. Tenho muito mas mesmo muito asco por decisores tão afastados da realidade da vida real.

Se nunca viram um animal demorar dias a morrer, e estar horas a fio a bater asa em aflição…garanto que não é algo bonito. E é isto que acontece sempre que uma espécie está sobrepopulacionada e sem qualquer controlo.

Porque não aproveitar mais um recurso quando este está disponível e saudável…apenas e só para o deixar morrer lentamente e sem qualquer aproveitamento??

Como diria uma pessoa de fora “Portugal é um País muito rico!”…ele dizia isso ao ver tanta infra-estrutura desnecessária e ao ver tanto desaproveitamento. Felizmente que cá só esteve uns dias…

P.S. – Não procurei por nenhuma a agonizar, apenas e só para que todos possam ver!

Sobre abelhasdoagreste

Jovem, apicultor apaixonado e que comercializa inovação apícola.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a Bons e maus exemplos..

  1. Carlos Figueiras diz:

    Olá Afonso.

    Deves conhecer a HERDADE DO FREIXO DO MEIO nos Foros de Vale de Figueira, Montemor o Novo.
    Acho que é um bom exemplo do que de bom se faz.

    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s