Há muito muito tempo…

Há muito muito tempo que o chão pedia este cagule de àgua!

Agora sim sente-se que a esponja encheu…e hoje de manhã os muros de pedra já babavam aqui e acolá. Metemos um pé no chão e ao lado da sola faz efeito de esponja.

Quer dizer que com os 14mm previstos para amanhã e 6mm para o dia seguinte, uma parte deste sangue já servirá de lavagem para os ribeiros.

Se bem me lembro…num dos 3 anos em que isto ocorreu por esta altura na minha memória apícola, seguiram-se 3 semanas loucas pelas abelhas e razoável mel

No outro destes anos, a metade das colmeias que não tinha entrado em fome crónica deu desdobramentos a monte em maio e uma excelente campanha de mel…mas que apenas compensou a outra metade que nada deu.

A 3a vez que isto ocorreu, veio bom tempo e um junho novamente molhado. Nessa altura tinha ainda poucas colmeias e era tempo de crescer. Mas as poucas que ficaram para o mel…foi UAU!, pois com os 11 dias de àgua que junho trouxe, foi em seguida um verão verde!

O que nos reserva este ano? Não sabemos…mas há esperança sempre que o chão está cheio de sonhos/àgua!

P.S. – Agora que está dito o que se passa com a esteva (má campanha), o pólen terá de finalmente começar a recuperar. E espera-se que devido à falta de mel de Eucalipto desta campanha(a colheita foi 50% de um ano normal), o preço dos méis claros volte a normalizar, tal como a procura pelos mesmos. Assim se espera!!

Sobre abelhasdoagreste

Jovem, apicultor apaixonado e que comercializa inovação apícola.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s