Mais uma primeira vez…

A Norte do tejo, nesta faixa litoral, o mel não tem como aparecer! Silvas floridas, orégão florido e é isto…quase todos os dias até às 11h da manhã.

Será a primeira vez que um ano húmido não é Pai!!

Mas valha que as abelhas desfrutam, fazendo muita cria, e garantindo que na entrada da tágueda em vez de 6/7Q de abelhas, o ninho estará cheio. Faltam 60 dias e há 5/6/7Q de cria, que serão as abelhas que irão iniciar o fluxo.

P.S. – Já está em cima da carrinha…

Exif_JPEG_420

Anúncios
Publicado em Uncategorized | 9 Comentários

1 de Julho…

Pode-se dizer que está tudo fora de época. Ainda hoje apanhei um molho de orégãos, alperces ainda verdes e as ameixas não estão maduras.

É demasiado estranho este ano, em que há plantas com o ciclo cerca de 5 semanas trocadas.

Só me lembro de comer cereja em Julho quando andei por Inglaterra e pelo centro da Europa.

Exif_JPEG_420

Apesar do postal ser lindo, como demonstra este cardo pointassilgo que costuma terminar a flor com a entrada de junho, o que é certo é que as abelhas melam mal, pois fora de época as plantas não segregam néctar como deveriam. Axo que até para elas é estranho que isto suceda.

Julho sem figos, julho com a ginja verde em vez de estar em forma de compota.

O mel não será pois muito…mas as abelhas estão a postos para a tágueda.

P.S. – O meu primeiro lote de própolis MPB já está prontinho a seguir…

Exif_JPEG_420

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Hora de parar o deserto!

Pois, com a parte sul da península Ibérica a tornar-se deserto, há formas de incrementar àrvores valiosas, de proteger os solos de anos como o ano anterior que matou literalmente milhares e milhares de sobreiros.

Vejamos;

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Espreitando o Amanhã!

Literalmente, o meu amanhã será assim!

Exif_JPEG_420

Pois é, enquanto o Benfica contrata mais uma palete de jogadores, o Sporting termina o Tsunami que por lá esteve 5 anos e o Porto continua caladinho mas a fazer o seu trabalho…o Agreste apresentou uma proposta ao Real de Madrid pelo Ronaldo. Mas ao que parece e vá-se lá saber porquê, ele prefere continuar a dar chutos na bola!

Assim, foi à mesma no mercado Espanhol que fiz o “reforço” de Verão. O meu braço de metal!

Assim, chega o futuro. Literalmente já amanhã!!

Até onde poderei levar a apicultura apenas com ajuda pontual? Continua a ser uma enorme incógnita. Serão as 1000 caixas (entre colmeias e núcleos) o limite?

Ainda não é altura de pensar nisso, e seguramente que 2019 não será ano de grande investimento, mas sim de entender os limites e de continuar o processo de optimização do maneio.

Hoje em dia a minha apicultura apenas converge com a do início do blog na paixão pelas abelhas e pelo princípio inequívoco para mim de uma apicultura produtiva e com os olhos postos no longo prazo.

P.S. – Decorre neste momento uma arrojada experiência de abandono total dos químicos no controlo da varroa. Serão 68 as colmeias testadas, em 3 Distritos diferentes. Se correr bem, tal significa mais um enorme aumento de rentabilidade e diminuição das despesas de operação em 1000Eur anuais. Obrigado ao Sr. Joaquim Pascoal pela ajuda, e por ser testemunha desta “loucura”.

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Liberdade!

Hoje e com estas alças já extraídas atinjo assim o dia da Liberdade de 2018. O dia em que pago as contas todas e começo a trabalhar para a família!!, Impostos pagos, contas do ano apícola saldadas, e portanto cada gota que me entre no bolso dora’avante é salário líquido!

Exif_JPEG_420

É extremamente importante ser-se capaz de fazer contas e manter a tesouraria equilibrada quando se depende de São Pedro!, do nosso trabalho e de espírito empreendedor.

Portanto, se aqui em zona pobre de mel dá…melhor há-de dar em zonas mais ricas. E portanto os chorões de que a apicultura não é uma atividade rentável talvez estejam a trabalhar demais e pensar de-menos.

Apenas 2 apiários estão crestados (os maiores no sul)!

Foram 31,5h de trabalho em 2 dias, foi sentar no banco da cozinha por 2 dias seguidos a passarem 15 min da 1h da madrugada. É a vida em tempo de cresta.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Operação Barba Rossa!

Por estes dias já recebi tanto o meu novo tanque de guerra…um Sherman Novinho em folha!! (para quem não sabe os Sherman eram tanques que entraram na 2a guerra).

Para batismo de voo foi a ida a sul e 1a cresta do ano.

Hoje continua…na versão de 4 mosqueteiros!! Com ajuda é mesmo mais fácil…

Deixo as fotos da voiture já em pleno combate…

Exif_JPEG_420Exif_JPEG_420

…a grua também já chegou mas ainda falta montar 🙂 tudo encaminhadíssimo para ficar um passo mais perto de estar totalmente equipado para as exigências de uma apicultura profissional moderna, e levando a 1000 caixas o trabalho de um homem que felizmente tem bons amigos.

P.S. – 1º dia de cresta terminou no dia seguinte, eram 1h15min da madrugada. Hoje segue a dança!!

 

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

À força…

Por falta de matrícula na viatura nova continuo as mini-férias forçadas. Tinha extracção marcada, tinha mudanças para fazer, tinha um monte de coisas que não fogem mas que vão acomulando…

Portanto,

Em modo de poupança de energia e acomulação de Cereja na barriguinha.

Mesmo assim, ontem calhou-me ir recolher um enxame a uma marquize (encheu 3 núcleos e não sei se a raínha se safou…ou se talvez tenha ficado com o cerca de 1,5kg de abelhas que não pude recolher.

Assim se desespera para que alguma alma caridosa resolva matricular-me a vida, para regressar ao trabalho. É que é chato pra xuxú estar dependente de uma entidade e ver a carrinha parada à porta do stand apenas e só a aguardar a emissão dos números e letras.

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Solução para o pequeno apicultor!

O pequeno apicultor que conduz furgão, que tendencialmente não vai para novo, pode e deve pensar que as costas estragadas são um impeditivo à atividade ou um imperativo a diminuir a mesma.

No mercado há assim hoje em dia muitas opções que por cá ainda são deconhecidas…

Portanto o apicultor de 30 ou diria que até 100 colmeias, sofre só se quiser!! Tanto no armazém, como na carga e descarga de colmeias e alças.

Até UPP’s e Melarias devriam repensar a vidinha!!

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Apeado!

Por estes dias, já sem carrinha antiga mas ainda a aguardar a matrícula da nova…tenho estado apeado e a fazer o essencial Serra Acima/Serra Abaixo montado na “Cabra de Pedais” ou nas 2as perninhas que comigo nasceram!

As Tileiras da Vila começaram a abrir, e veja-se o que originam cerca de 1a hora antes do sol nascer!, Tal como os medroseiros brancos.

Tudo pronto para a cresta do sul! Só falta mesmo máquina e grua!!

Aqui nos montes do vento estes dias quentes foram bons e a silva abriu de sopete…veremmos se chega para uma melada de jeito. Parece-me que há um ou outro apiário jeitoso mas que o geral não é mais do que sofrível. Ainda bem que começo pelo sul! Onde a cada 6 ou 7 colmeias deixam 1 tambor cheio.

 

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

Pedrógão 1 ano depois.

Cá ao longe não se tem a percepção do que se passou. Infelizmente testemunhei ao vivo a miséria ocorrida.

1 ano depois o que mudou?

Na opinião de quem no campo vive e do campo vive…nenhuma reforma de fundo foi feita.

Foi sim, criada uma percepção de limpeza que em nada tem que ver com um plano estratégico integrado de ordenamento territorial.

O tipo de medidas adotadas, fica muito aquém de um plano de ordenamento florestal, de um plano cadastral e de um plano para revitalizar a floresta com àreas extensas de floresta autóctone e gestão de prados.

Assim, as medidas de limpeza que têm sido adotadas são positivas, mas cegas no tempo e no espaço e nada condizentes com o exemplo dado pelo Estado. Dentro de dias darei um exemplo flagrante de um espaço estatal que vou denunciar às entidades policiais por não cumprir com nenhuma das premissas que o próprio estado criou. Colocarei aqui fotos e talvez mesmo um vídeo.

Um âmbito de gestão em tudo similar ao dos famosos “Cartões de aplicador de fitossanitários” para a agricultura…os quais passados 2 anos apenas se apresentam para a aquisição dos produtos químicos, mas em que já ninguém cumpre com as exigências de vestuário, máscara ou da ainda mais premente e nunca aplicada notificação do apicultor.

Enfim, regras desajustadas, pseudo-formações, pseudo-limpeza que se realizada no timing exigido pelos burocratas farão com que o campo esteja pronto a arder no mesmo ano da limpeza. Basta que cresçam fetos, que em 3 semanas atingem 1m de altura e ardem como fósforos.

O que seria de esperar?

Que fossem criadas em todas as Aldeias zonas de segurança, treinada a população tal qual se faz no Japão com as atividades sísmicas, decretado 1 dia no ano em que freguesia a freguesia todos os cidadão capazes fossem obrigados a limpar em equipes organizadas por bombeiros e protecção civil, o envolvimento dos jovens nestas atividades. Enfim, a criação de um conceito de comunidade em que cada um saiba o que fazer, como fazer e quando fazer. Fácil, barato e com resultados!

Dou o meu exemplo, em que mantenho 2 caminhos rurais abertos (sou o único utilizador habitual…até haver fogo e todos irem a correr pelo único acesso existente e que mantenho eu a custo), limpo cerca de 9ha, sou guarda florestal não fardado a tempo inteiro…tal como outros apicultores o serão também. Apoio real, gabinete onde fazer denúncias ou pedidos de apoio em acções de limpeza ou detecção de crimes ambientais…nada!

Infelizmente só temos isto…queria muito ver algo diferente de medidas burocráticas que exalam aos moitões.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário